A moda pode ser sustentável. A moda pode ser consciente. Na Zetha, se você criou o seu vestido do zero, na Zetha Couture e realmente acha que ele já cumpriu sua missão, você pode deixa-lo para que uma nova mulher tenha a chance de usá-lo. A dona inicial do vestido pode deixa-lo na loja como uma venda consignada. Na venda dele, a sua dona original recebe 35% do valor de volta, 40% do valor é doado para uma ONG e a nova consumidora o adquiri por um valor que chega a 60% do valor pago pela sua dona original. Uma forma de fazer a economia girar, de mais mulheres terem acesso ao luxo simples de ter um vestido exclusivo e além de tudo, ajudar quem mais precisa.